Pesquisas

Sistema imunológico fraco, tratamento e prevenção


Sistema imunológico fraco: quais são as causas, os sinais de alerta e as consequências. Dicas úteis para fortalecê-lo a fim de evitar consequências graves para o nosso organismo.

Um bom sistema imunológico garante uma vida saudável e nos protege não apenas de hóspedes indesejáveis, como bactérias, vírus e parasitas, mas também de nossas próprias células, que sofreram mutações devido a doenças graves como o câncer. Infelizmente, nosso sistema imunológico nem sempre funciona perfeitamente: órgãos, células e tecidos não agem como deveriam quando temos defesas imunológicas baixas.

Sistema imunológico fraco, as causas

O que poderia danificar nossas defesas imunológicas? As causas podem ser muitas!

1) Uma má alimentação: uma baixa ingestão de macro e micronutrientes em nosso corpo pode enfraquecer nosso sistema imunológico a longo prazo, tornando sua ação protetora ineficaz.

2) Estresse: o estresse crônico com conseqüente aumento dos níveis de cortisol predispõe nosso corpo a resfriados e gripes sazonais, até problemas de saúde mais graves.

3) Abuso de drogas: o uso prolongado de drogas, principalmente antibióticos, pode comprometer o funcionamento natural de nossas defesas. Com o tempo, algumas bactérias podem desenvolver formas de resistência ao medicamento, anulando sua eficácia

4) Álcool: a ingestão excessiva de álcool, além de comprometer nossas funções mentais, pode fragilizar a capacidade do sistema imunológico de desempenhar suas funções em defesa do nosso organismo

%) Mudanças de estação: as mudanças ambientais e climáticas podem ser vividas pelo nosso organismo de forma traumática. Passar de um clima quente para um frio, e vice-versa, pode nos pegar despreparados, desestabilizando nosso sistema imunológico, que luta para se reajustar imediatamente à nova temperatura.

Sistema imunológico fraco, sintomas

Para entender se as defesas imunológicas estão baixas, podemos usar alguns fatores muito indicativos:

  • Fadiga crônica
  • Dificuldade de concentração
  • Gripe e resfriado
  • Dor de garganta
  • Cura lenta
  • Recaídas contínuas
  • Infecções freqüentes
  • Alergias e erupções cutâneas
  • Formigamento nas mãos e pés
  • Mãos frias
  • Visão embaçada
  • Cura lenta de feridas

Deve-se observar que alguns dos sintomas mencionados acima podem ser a campainha de alarme para outros problemas.

Como fortalecer o sistema imunológico

Para preservar a saúde de nosso corpo, é essencial garantir que nosso sistema imunológico funcione perfeitamente; o que significa manter um estilo de vida e uma dieta saudável. Cuidar do seu corpo é o mínimo que podemos fazer para garantir uma condição de bem-estar contínuo. A este respeito, queremos sugerir algumas diretrizes para fortalecer nosso sistema imunológico

Siga uma dieta saudável

Manter uma boa dieta alimentar equivale a um sistema imunológico saudável. Às vezes, porém, somos levados a adotar hábitos alimentares corretos quando já é tarde demais. Para evitar que isso aconteça, é necessário seguir de forma consistente uma dieta variada e equilibrada.

Nossa recomendação é consumir muitas frutas, vegetais e proteínas magras. Limite a ingestão de açúcares, gorduras saturadas e álcool, tanto quanto possível. T Começar o dia com um smoothie de frutas e vegetais é uma excelente opção para fortalecer nossas defesas. Para mais informações, recomendamos a leitura dos seguintes artigos: são saudáveis ​​e saborosos centrifugados para desintoxicar o corpo, limpar o intestino e recuperar o bom humor.

"5 receitas de centrifugado"

"Sucos de vegetais"

"Purificação centrifugada"

Dorma bem

Um sono reparador e reparador é essencial para manter nosso sistema imunológico forte. Graças a um descanso saudável, o corpo consegue recuperar as energias mais rapidamente e voltar a uma situação de equilíbrio ideal. Dormir bem é, portanto, um elemento fundamental para permitir que o nosso corpo enfrente os dias com um equipamento extra. A insônia e a preocupação constante são inimigas da saúde.

Siga a higiene

A higiene, principalmente das mãos, pode ser uma solução para reduzir o contato com microrganismos.
Lavar as mãos várias vezes ao dia é tão importante quanto uma alimentação saudável! O ambiente em que vivemos também deve ser limpo, se nos preocupamos com nossa saúde. Procure ventilar os cômodos com frequência e evitar o acúmulo de sujeira em áreas importantes como quarto, banheiro ou cozinha. A limpeza pessoal e o ambiente em que vivemos desempenham um papel fundamental na saúde do nosso sistema imunológico!

Evite Stress

O estresse não é apenas uma resposta do nosso corpo ao desconforto causado por uma situação específica. Se persistir com o tempo, pode se tornar uma condição crônica, o que resultaria em uma das causas do enfraquecimento do sistema imunológico. Não se esqueça que o acúmulo de toxinas no corpo aumenta o risco de doenças.


Vídeo: Você e o Doutor: conheça sintomas, prevenção e tratamento de DSTs (Dezembro 2021).