Economia de energia

Qual é a qualidade da água na Itália?


O que é qualidade da água Na Itália? água queremos dizer público, aquele a que estamos acostumados a dar por certo (talvez por isso desperdiçemos muito) e que, ao contrário, representa um dos recursos mais preciosos e esgotáveis ​​de que dispomos. Pois bem, na Itália, os recursos hídricos são em geral suficientes para satisfazer as necessidades derivadas dos usos civis e produtivos; o problema (por enquanto) não é a quantidade, mas a qualidade da água, a gestão e a correta utilização do recurso.

Sim, na Itália os recursos hídricos são temporariamente suficientes, mas vazamentos na rede, sistema de esgoto inadequado ou insuficiente, purificadores mal gerenciados ou inexistentes e um qualidade escassos ecológicos (basta pensar que um terço das massas de água superficiais e 11% das subterrâneas não atingem os objetivos definidos pela Europa) fazem a emergência permanecer água um dos temas constantemente em pauta na Itália.

É por isso que no capítulo da água e qualidade da água é dedicada a nona Assembleia Programática Nacional, que terá lugar na segunda-feira, 15 de julho, em Roma, em preparação para o Estados Gerais da Economia Verde, o evento organizado pelo Conselho Nacional de Economia Verde, em colaboração com os Ministérios do Ambiente e do Desenvolvimento Económico e com o apoio técnico da Fundação para o Desenvolvimento Sustentável, agendado para 6 e 7 de novembro próximo em Rimini no âmbito do Ecomondo.

No tema Água, tanto do ponto de vista da gestão dos recursos hídricos como do qualidade da água, e os Estados Gerais da Economia Verde dedicaram um dos dois novos grupos de trabalho que se juntaram aos oito iniciais, o outro são as Regiões-Autoridades Locais que realizarão sua Assembleia programática em setembro de 2013.

Gianni Squitieri da Fundação para o Desenvolvimento Sustentável é o coordenador do grupo de trabalho sobre água, que inclui: Francesco Ciancaleoni (Area Ambiente Territorio - Coldiretti); Giulio Conte (Meio Ambiente Itália);Luigi Del Giacco (Federutilidade);Alfredo Di Domenicantonio (Autoridade da Bacia do Rio Tibre);Barbara Di Rollo (responsável pelas políticas de remediação e irrigação - CIA); Roberto Farina (gerente do laboratório de gestão de recursos hídricos - ENEA Bologna); Roberto Mazzini (Presidente - spa Milano DEPUR); Giuseppe Mininni (Águas CNR - CTS Ecomondo); Ciro Pignatelli (Fundação para o Desenvolvimento Sustentável); Enrico Rolle (Universidade de Roma La Sapienza1); Gabriela Scanu (Ministério do Meio Ambiente); Francesco Tresso (Parceiro JPE 2010 - Hydrodata Spa); Massimo Troncon (Ladurner Srl).



Vídeo: Descobrimos um Paraíso natural na Itália (Dezembro 2021).